AÇOESPECIAL - O melhor do aço mundial ao seu alcance

O melhor do aço mundial ao seu alcance

Aço SAE 1045 Normalizado

Gostou? compartilhe!

O que é o Aço SAE 1045 Normalizado?

O Aço SAE 1045 Normalizado é um aço para beneficiamento com temperabilidade baixa, ou seja, baixa penetração de dureza na seção transversal. Estando na forma “Normalizado” ele se apresenta com a sua estrutura na forma mais fina possível antes do tratamento térmico de tempera e também com a sua melhor situação de usinabilidade. Este aço SAE 1045 Standard Normalizado possui uma boa relação entre resistência mecânica e resistência à fratura. O aço sae 1045 Normalizado é utilizado, em geral, com durezas de 180 a 300 HB. Na forma normalizada ele costuma apresentar cerca de 220 a 240 HB.

Você precisa ter em mente que o aço sae 1045 Normalizado é utilizado na fabricação de componentes de uso geral onde seja necessária uma resistência mecânica superior à dos aços de baixo carbono convencionais. Esta forma de utilização privilegia, também, a execução de ensaio de ultrassom par detecção de falhas internas do 1045.

O aço sae 1045 Standard Normalizado possui composição química de Carbono (0,43% - 0,50%), Silício (0,15% - 0,35%), Magnésio (0,30% - 0,60%), Fósforo (0,03% máx) e Enxofre (0,05% máx.) e é utilizado na fabricação de peças para indústria mecânica em geral.

O material SAE 1045 Normalizado possui a peculiaridade de, ao ser temperado, atingir uma dureza na superfície e logo abaixo uma dureza menor por não ter uma boa penetração dessa dureza, isto se deve à baixíssima quantidade de elementos de liga presentes em sua composição química, o que não lhe confere boa temperabilidade. Porém ao se encontrar na forma normalizada , antes do tratamento de têmpera, o 1045 vai atingir o seu pico de propriedades advindas da têmpera, se esta for bem executada.

1045 NORMALIZADO E SUAS APLICAÇÕES:

Estes aços são desenvolvidos principalmente para bases (normalmente, bases para moldes) e também são utilizados em cavidades de moldes de pequenas séries onde o produto lançado não tem expectativa de grande tiragem (digamos abaixo de 100 mil ciclos e em plástico comum como PP). Leve-se em conta que também a aplicação do 1045 em construção de cavidades não pode contemplar aplicações que exijam alto grau de acabamento, ficando restrita a sua aplicação a moldes cujo acabamento não seja o objetivo maior mas, apenas, a funcionalidade da peça. Falaremos disto logo adiante. A açoespecial possui duas variações de 1045 que são exclusivas. Além destes aços serem mais fáceis de usinar, eles prolongam a vida do molde entre manutenções reduzindo significativamente seu custo durante sua vida).

Ver: “Tabela de numero de injeções”

Ver: aço 1045 Ecofast®

Ver: aço Protomolde 1050®

AQUI DEVEMOS FAZER UM ALERTA IMPORTANTE:

ATENÇÃO: Vale sempre ressaltar que o 1045 não é um material, que possui um processo de fabricação e uma composição química, com faixas de liberações de qualidade muito restritivas, como por exemplo, nos ensaios de ultrassom, entre outros, quanto àquelas utilizadas, como procedimentos e faixas de liberação, normalmente utilizadas, em aço para ferramenta.

Logo, em aplicações onde sejam necessários acabamentos superficiais melhorados (polimentos espelhados, por exemplo) bem como, texturas, onde não possam haver problemas de segregações, poros, vazios, ou outros efeitos que demandem uma norma de liberação mais restrita, consulte SEMPRE o nosso Departamento técnico para que, em conjunto, seja verificado se o material atenderá, ou não, às expectativas.

É muito comum um cliente utilizar o 1045 para a construção de uma cavidade para molde, pois normalmente, nestes casos, sua expectativa tanto de produção como de acabamento, será mais baixa, do que seria a produção de um aço mais nobre, e não prever que ele poderá ser obrigado a lançar mão de um, ou mais, pontos de solda em virtude de defeitos, que podem passar pela classificação folgada dentro da norma ASTM para ultrassom, deste produto, uma vez que o foco do 1045 é para estruturas ou “construção mecânica” e não matrizes, onde a norma, de liberação, terá de ser ajustada.

Isto, por encarecer o processo e o produto, normalmente é desconsiderado. Um grande erro. Fale com nossa equipe técnica. Você não precisa caminhar sozinho.

Fazendo uma analogia popular: não procure direto a farmácia, mas procure primeiro um médico!

Aqui na AÇOESPECIAL esta consulta é grátis!

Vamos falar mais um pouco sobre este problema, na utilização imprópria, do 1045:

Infelizmente este tipo de material (1045) por ser aplicado, muitas vezes, em matrizes que requerem diminuição drástica de custo, em inúmeras ocasiões acaba dando certo, porém, somente quando algo, a respeito do acabamento, dá errado as pessoas, nem sempre, aliás, praticamente nunca, se lembram que a norma de liberação para materiais mais baratos não tem como ser a mesma de um material mais caro, gerando discussões desnecessárias, uma vez que, a partir do momento que a empresa assume realizar um ferramental com este tipo de material, precisa ter a noção de que existe o bônus do preço, mas que pode haver o ônus de algum, eventual, não atingimento de expectativa em relação ao acabamento superficial da peça não podendo, nestes casos, ficar a responsabilidade recaída sobre o material em si.

Por isso, em caso de dúvidas, principalmente sobre o acabamento superficial do seu molde, consulte sempre nosso Departamento Técnico.

Note, que ao se optar por um material como o SAE 1045, e por ele possuir uma norma, tanto de fabricação como de liberação, muito mais folgada, normalmente, o construtor da ferramenta já sabe que corre o risco de ter de lançar mão de soldas, ou eventuais postiçamentos, em virtude de defeitos inesperados, advindos deste processo de fabricação e de liberação do 1045.

Outro fator advindo, destes processos de fabricação e de liberação do 1045, que costuma apresentar deficiência, é a baixa dureza para o trabalho de matriz, onde o efeito é o de amassamento prematuro, que também leva às reclamações sem sentido, pois o material normalmente está dentro da norma, para a sua faixa de aplicação (que não é a de construção de cavidades ou matrizes, mas apenas, bases ou parte estrutural). Estes processos são voltados para se produzir um aço que tenha fins estruturais e não de construção da ferramenta em si.

É importante ressaltar que o 1045 é utilizado, muitas vezes, pois mesmo depois de constatada a necessidade da medida corretiva, o valor de economia ainda vale a pena em face da vida útil estimada para a matriz. O que se condena são os exageros de expectativa, o que foge à realidade.

Lembramos apenas que: CADA CASO É UM CASO. Evite surpresas sempre conversando com nossa engenharia e tirando suas dúvidas.

ENFATIZAMOS: É preciso que se tenha em mente que a aplicação do aço 1045 retangular é focada, principalmente, na construção de bases para matrizes, por atender todos os requisitos de resistência, além de agilizar a produção de ferramenta. Se você precisar de mais propriedades além das que possui o 1045, você ainda pode contar com nossa linha com 17 tipos de aço AISI p20 dentro da linha de aço para ferramenta destinada a moldes e ainda a linha de aço para trabalho a quente. Certamente você encontrará um tipo que mais se identifique com o seu caso. Nossa engenharia está à sua disposição.

Tratamento Térmico aço sae 1045 Normalizado

Tratamentos Térmicos Recomendados para o aço ABNT 1045(SAE 1045):

Os aços de construção ao carbono (entre eles o SAE 1045 Standard) quase sempre são utilizados no estado de fornecimento sem qualquer tratamento térmico. Isto se deva ao fato de se buscar neste tipo de aplicação, o menor custo possível para a utilização do 1045, ou dos aços construção ao carbono. Com a intenção de se obter melhores características para a peça, no entanto, recorre-se a tratamentos térmicos convencionais, quando se tentam atingir melhorias em suas características mecânicas, o tratamento térmico aço SAE 1045 normalizado segue como os pontos citados a seguir:

Recozimento do aço sae 1045 Normalizado

Aquecer entre 650 e 700 ºC, manter, em média, por 20 minutos por cada centímetro de espessura da peça nesta faixa de temperatura e resfriar dentro do forno.

Objetivos do recozimento no aço SAE 1045 normalizado:

  • Aliviar tensões residuais em peças
  • Tornar o material mais mole, dútil e tenaz
  • Ajustar a microestrutura
  • Preparar a estrutura do 1045 para operações posteriores, tais como, novo tratamento térmico, ou nova deformação plástica como no caso da trefilação, ou entre períodos de forjamento

Tempo de aquecimento / resfriamento elevados no aço SAE 1045 Normalizado:

Cuidado: Há risco de empenamento/trincas das peças feitas em 1045, em razão dos elevados gradientes de temperatura e tensões geradas. Por isto, deve-se evitar fornos pré-aquecidos, ou grandes gradientes de diferença de temperatura. Consulte sempre um especialista. (chame a engenharia da AÇOESPECIAL).

Tempo de manutenção na temperatura no aço SAE 1045 normalizado:

Deve ser longo o suficiente para permitir que ocorram as reações de transformação de fase. Cuidado com tempos longos em excesso, para não tender a aumento de grão e perda de propriedades. O aumento de grão pode ser permanente destruindo características estruturais do material.

Recozimento intermediário no aço SAE 1045 normalizado:

É aplicado em metais que foram submetidos à deformação plástica a frio, ou seja, em metais que apresentam encruamento. Geralmente é utilizado em procedimentos de fabricação que exigem extensa deformação plástica em etapas sucessivas, tal como ocorre na trefilação ou no forjamento. É raro a utilização de materiais normalizados para esta aplicação, sendo mais comum a utilização de materiais recosidos. Porém esta hipótese é possível, apenas o encruamento permitido seria menor, ou teria um intervalo, entre tratamentos, menor. As temperaturas de manutenção utilizadas estão acima da temperatura de recristalização do metal. A escamação (oxidação superficial) pode ser prevenida com temperaturas relativamente baixas ou com uso de atmosferas não oxidantes.

Normalização aço sae 1045 Standard

Aquecer entre 840 a 870 ºC, manter, em média, por 20 minutos por cada centímetro de espessura da peça nesta faixa de temperatura e resfriar ao ar.

A normalização do 1045 proporciona dureza e resistência aos componentes do aço. Além disso, a normalização ajuda a reduzir as tensões internas induzidas por operações tais como forjamento, fundição, corte a fogo com maçarico (oxicorte) usinagem ou solda em aços de baixo teor de carbono (normalmente abaixo de 0,50%). A normalização também melhora a homogeneidade microestrutural e a resposta ao tratamento térmico (por exemplo, recozimento ou têmpera) e aumenta a estabilidade dimensional por transmitir a "memória térmica" para processos posteriores a mais baixas temperaturas. Ou seja, mesmo existindo deformações elas serão menores em tratamentos subsequentes. Peças que requerem resistência máxima e aquelas submetidas ao impacto muitas vezes são normalizadas. Quando grandes seções transversais são normalizadas, também são revenidas para reduzir ainda mais a tensão e controlar mais estreitamente as propriedades mecânicas, principalmente em aços com altos teores de carbono e outros elementos de liga uma vez que o resfriamento ao ar pode gerar uma transformação martensítica aumentando deforma acentuada a resistência mecânica do material porém reduzindo a sua tenacidade, por isso é importante que em tais casos o revenimento seja realizado. No aço sae 1045 a Normalização induz o grão bem fino o que melhora as propriedades mencionadas e sobretudo a usinabilidade, como já dissemos.

A normalização é geralmente realizada como tratamento térmico do aço SAE 1045 afim de:

  • Melhorar a usinabilidade; Este tratamento é muito usado para esta finalidade no 1045.
  • Melhorar a estabilidade dimensional em caso de tratamento térmico posterior;
  • Modificar e / ou aperfeiçoar a estrutura de grãos;
  • Produzir uma microestrutura homogênea;
  • Reduzir bandeamento;
  • Reduzir alguns tipos de segregações ou seus efeitos.
  • Melhorar a ductilidade;
  • Fornecer uma resposta mais consistente à têmpera ou cementação.
  • Melhorar a condição estrutural para a realização de um bom ensaio de ultrassom.

Têmpera do aço SAE 1045 normalizado

No tratamento térmico de tempera do aço SAE 1045: Aquecer entre 820 a 850 ºC (ou outra temperatura dependendo da faixa de temperatura de austenitização do material se houver variações significativas de liga ou seus residuais, bem como, presença de microligantes) manter nesta faixa de temperatura por 5 a 10 minutos por cada centímetro de espessura da peça e resfriar em água (ou em outro meio refrigerante que seja suficiente para causar uma transformação martensítica total com o menor tensionamento possível em meios como óleo ou ao ar, normalmente dependendo da espessura da peça). Este tratamento térmico visa aumentar a dureza e resistência a tração do 1045.

O tratamento térmico de tempera do aço SAE 1045 Standard normalizado tem como característica principal apresentar menor deformação do que em materiais recosidos ou mesmo em materiais sem tratamento, pois ao favorecer a usinagem, o tensionamento durante o processo de construção da ferramenta ou dispositivo (usinagem) feitos em 1045, será menor.

Vale lembrar que todo tratamento térmico de têmpera do aço SAE 1045 normalizado deverá ser seguido de, ao menos, um revenimento, pois toda vez que o constituinte final do tratamento for a martensita é mandatário que o revenimento seja realizado.

Revenido no aço SAE 1045

Diagrama de Revenimento do aço sae 1045 standard
Diagrama de Revenimento do aço sae 1045 standard

No tratamento térmico aço SAE 1045 normalizado e temperado referente ao revenido: Aquecer a peça entre de acordo com a curva de revenimento do material Sae 1045 standard para a dureza objetivada e permanecer nesta temperatura por no mínimo 1 hora, sendo o tempo uma variável diretamente proporcional ao tamanho da peça.

No revenimento do aço Sae 1045 standard ou no 1045 normalizado: Objetiva-se corrigir as tensões decorrentes da têmpera sem prejudicar os resultados desta, com o intuito de: além de ajustar o material para a dureza objetivada, atenuar as tensões geradas na têmpera melhorando a ductilidade e tenacidade do material. Os valores de módulo de elasticidade, tensão de ruptura, tenacidade do aço SAE 1045, entre outros, ficam absurdamente diferentes ao se comparar materiais em uma mesma faixa de dureza onde um tenha passado somente pelo processo de têmpera e o outro pelo processo correto de têmpera e revenimento.

Quer aço sae 1045 normalizado? Na Açoespecial você encontra!

Se o aço sae 1045 normalizado é aquilo que você procura, então você pode encontrá-lo na Açoespecial. Com mais de 36 anos de atuação no mercado de aços especiais, a Açoespecial é uma empresa que trabalha oferecendo produtos de qualidade e alta durabilidade, assim como o aço sae 1045 normalizado. Você pode encontrar ainda a melhor linha de aço para moldes ao verificar nossa linha de aço para ferramenta. Esta linha ainda é complementada pela linha de aço para trabalho a quente, onde você encontra aços também com relação de custo beneficio muito interessantes para a construção do seu molde para plástico com propriedades muito mais elevadas do que em qualquer outros produtos para este fim.

A Açoespecial é uma empresa que respeita seus clientes, entregando sempre o aço sae 1045 normalizado e vários produtos em aços para moldes, a fim de atender a necessidade de nossos clientes fabricantes de moldes. A Açoespecial , atua no mercado com seriedade, agilidade e respeito para com seus clientes buscando sempre inovações tecnológicas metalúrgicas que levem ao aumento de produtividade: o grande desafio de nosso país. Contamos com um corpo técnico, reconhecido internacionalmente, que trabalha no desenvolvimento de novos produtos de ponta que buscam incansavelmente resultados em produtividade.

Só na Açoespecial, você que busca o aço sae 1045 normalizado, consegue encontrar além do material convencional, duas ligas exclusivas que foram criadas e desenvolvidas pela nossa equipe técnica as quais geram ganhos de performance em usinagem e ganhos expressivos de resistência mecânica sendo eles o 1045 Ecofast® e o 1050 Protomolde® respectivamente. Consulte o nosso departamento técnico para saber mais sobre esses produtos e saia na frente de seus concorrentes!!! Venha conhecer os aços do século XXI.

A AÇOESPECIAL é muito conhecida por ser o maior distribuidor do Brasil de aço P20 em peças de médio e pequeno porte, principalmente em variações dos aços considerados como aço p20 para moldes nas suas mais diversas combinações de ligas e resistências. A Açoespecial possui 17 variações em torno da liga conhecida como AISI P20. Estes aços são muito procurados na forma esquadrejada e normalmente utilizados em conjunto com o aço SAE1045 normalizado na estrutura do portamolde. Aqui na AÇOESPECIAL você conta com três opções em aço SAE1045 e seus substitutos imediatos: o aço 1045, o aço 1045 ecofast® e o aço Protomolde 1050®.

Corte com Serra Fita
Corte com Serra Fita

Na Açoespecial também tem PORTA MOLDE:

IMPORTANTE: Você também pode comprar seu Porta molde em São Paulo já montado na AÇOESPECIAL escolhendo dentre mais de 20 aços para a P1 e P2 e combinando até 5 aços no mesmo conjunto, sem encarecer o seu projeto, venha conferir !! Nós possuímos 17 tipos de opções em aço P20 e ainda três opções para o aço sae 1045 normalizado e Aço Ecoplast®( P20) para sua escolha e você ainda tem acompanhamento e aconselhamento técnico. Nosso portamolde é personalizado e o preço é muito parecido com o porta molde padrão que tem aços muito inferiores o que explica seu preço bem baixo. Mesmo assim nosso preço costuma ser muito parecido, venha conferir e adquira seu portamolde com aços de muito maior rigidez e vida útil, como é o caso do nosso aisi p20 e do 1045.

Cuidado, pois os aços mais baratos, normalmente vindos da China, apresentam uma variação de dureza e estrutura que os fazem ser muito ruins de usinar. Não traga problemas para resolver em casa, compre soluções. Compre seu portamolde com aço P20 ou com aço sae 1045 normalizado na AÇOESPECIAL e não se aborreça nem perca tempo tentando usinar e principalmente fazer furos de refrigeração que nunca acabam. Compre uma solução, venha para a AÇOESPECIAL.

Kit Porta Molde Esquadrimold
Kit Porta Molde Esquadrimold
Parte Portamolde
Parte Portamolde

Na Açoespecial até o aço sae 1045 tem diferenciais que complementam seu sucesso com o projeto.

Para você, que procura por aço sae 1045, aqui você vai encontrar os melhores aços para a base de sua matriz e também pode gostar ou se interessar por outros produtos da Açoespecial: uma linha incrível de aço para molde de plástico e aço para ferramenta junto com aço para trabalho a quente, ligados a esta área de moldes, veja alguns exemplos:

AGORA TAMBÉM: NOVOS LANÇAMENTOS PARA MOLDES OS AÇOS COM SUAS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS;

Todos estes aços podem ser adquiridos, esquadrejados fresados ou esquadrejados blanchados ou esquadrejados retificados em retifica plana. Além desta linha de aços de ponta, nós também trabalhamos com:

Venha conhecer! Solicite uma consultoria metalúrgica grátis no projeto do seu molde, sua ferramenta, seu componente ou seu dispositivo.


Catálogos relacionados - Aço SAE 1045 Normalizado

Regiões onde a AÇOESPECIAL atende Aço SAE 1045 Normalizado:


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Atendemos todo o Brasil e o Mercosul