AÇOESPECIAL - O melhor do aço mundial ao seu alcance

O melhor do aço mundial ao seu alcance

Aço PMo REVOLUTION (P20 M)

Gostou? compartilhe!

Material da linha exclusiva da AÇOESPECIAL®, elaborado a partir de tecnologias do século XXI para aplicações pertinentes e em substituição ao aço AISI P20 tradicional.

O Aço PMo REVOLUTION (P20M) é considerado um “aço AISI P20 modificado”, daí o nome = P20 M

Um retrospecto voltando na História

(Aço AISI P20 e seus semelhantes)

O Aço AISI P20 quando nasceu na primeira metade do século XX, foi idealizado para moldes de plásticos. Este aço, com uma liga padronizada dentro da norma AISI, surgiu para substituir o primeiro “Aço do Tipo P20”, da história, que era apenas um aço SAE 4135 (portanto, apenas um aço para “construção mecânica” e não um aço-ferramenta). Existiam, na época, muitas dificuldades metalúrgicas para se conseguir homogeneidade de resistência mecânica e características em peças com mais de 100 mm de espessura, neste tipo de liga. Ainda hoje, muitas siderúrgicas têm dificuldade de fabricar, com homogeneidade satisfatória, aços da categoria aço P20(de origem americana) ou mesmo a sua liga correspondente alemã: Din WNr.1.2311, principalmente em peças acima de 100 mm de espessura, indo até 400mm, que é o máximo normalmente (ou regularmente) fabricado. As exceções de peças com espessuras maiores (que infelizmente existem) costumam apresentar sérios problemas de usinagem e principalmente de furação de refrigeração, pois contém um mix estrutural ainda muito mais variado (que normalmente, nessas ligas, já é grande) e contrário à propriedade de usinabilidade e de isotropia (uniformidade de propriedades) mostrando-se, portanto, anisotrópico nestas dimensões. O principal problema apresentado é a variação de dureza no núcleo (que costuma exceder a 30 HB de variação desta dureza) e em consequência desta variação estrutural, a usinabilidade fica extremamente prejudicada, bem como o polimento, que além de lento fica muito irregular.

Daí o aparecimento da variante alemã: Din WNr 1.2738 que se popularizou como:P20 + Ni.

Bem, a adição de Níquel fez com que blocos muito maiores pudessem ser feitos, com relativa homogeneidade de dureza e resistência mecânica, digamos, até 1 metro de espessura, ou pouco mais (1200 mm regularmente, a partir desta dimensão a adição de microligantes ou ajustes de liga são obrigatórios para se assegurar resultados dentro do regular). Porém esta adição costuma ser, realmente, satisfatória a partir de 1,00%( embora muitas siderúrgicas adotem 0,70/0,75% como meta, o que é insuficiente para garantir uma boa textura, por exemplo, embora costume “mascarar” a anisotropia, pois ela costuma persistir a nível do polimento em alguns pontos centrais do bloco, principalmente, com a utilização deste nível de adição). O nível de adição de 1,00% de Ni, entretanto, costuma representar aproximadamente o equivalente ao custo total dos outros elementos da liga adicionados.

Isto acarreta, é claro, um aumento significativo no preço do material. Por esta razão, que nunca se deixou de fabricar os aços AISI P20 e Din WNr.1.2311 por atenderem, apenas razoavelmente, às aplicações projetadas, apesar dos problemas de:

  • - Limitação de espessura;
  • - Eventualmente (muito comum) usinagem irregular por conta do mix de estruturas que eles possuem, mesmo em espessuras razoavelmente finas;
  • - Dificuldade estrema de realização de furações de refrigeração, dependendo muito do tratamento térmico de processo de fabricação que, para ser certo e bem feito, encarece este produto. Isto acaba retardando razoavelmente o tempo de fabricação do molde. Tudo, pelo mesmo motivo estrutural;
  • -Lentidão no polimento, que o usuário nem se dá conta, levando muitas vezes o dobro, ou triplo do tempo, normal e necessário, para alcançar um polimento satisfatório, também pelo mesmo motivo estrutural;
  • - Como estas fases de processo, acima, sempre são razoavelmente custosas, ou caras, a economia com a compra do aço costuma ser absorvida e, portanto, perdida totalmente nestas fases, sem que o usuário perceba e ache, inclusive, que é normal. Mas não é!!!

Fica, portanto, a perda de produtividade, apenas embutida, sem que se perceba e continue se acreditando e se convencendo, através de frases feitas do tipo:

  • -“MAS TODO AÇO P20 NÃO É IGUAL? ”Não, não é!!! Existem inúmeras variações em torno do mesmo material (aço AISIP20) que contém a “base” de sua liga, mas não necessariamente a liga original, normatizada há mais de 60, ou mesmo, 80 anos. São enfoques metalúrgicos de várias siderúrgicas diferentes pelo mundo.
  • -“MAS, SEMPRE FIZ ASSIM!!!” Apenas alertamos, que o fato de se fazer “sempre”de um jeito não quer dizer que “aquele jeito”está certo. Se fosse assim, ainda usaríamos lâmpadas incandescentes, ou usaríamos máquinas fotográficas com filme. Fale com nossa engenharia e receba instrução digna de uma universidade, pois ela é constituída de Mestres em siderurgia, especialistas na área de aços para moldes. Fazendo analogia: Não consulte um farmacêutico, mas sim um médico.

Por conta da dificuldade de se possuir uma liga alternativa, com custo compatível, existem inúmeros moldes tendo suas cavidades fabricadas em aço 1045. Estes moldes são confeccionados em SAE 1045 seja por limitação de custo, seja por número reduzido de peças injetadas, durante a vida útil estimada ou ainda, por desconhecimento da estimativa real de venda, por tratar-se de lançamento de produto novo.

Ao contrário do que se pensa, o aço SAE 1045 é muito utilizado em matrizes para plástico apenas por representar uma alternativa “barata” que costuma funcionar por um tempo curto e, na maioria das vezes, de forma bastante satisfatória, porém a matriz vai se deteriorando rapidamente e ele não se presta a peças que requeiram um dimensional constante, acabamento( polimento) constante e ausência de rebarbas, pois as propriedades relacionadas com estas variáveis tendem sempre a variar, deteriorar (no caso de amassamento, por exemplo) ou oscilar, com este aço, em um tempo que é muito menor do que o necessário para se amortizar a matriz. Ao se utilizar o aço certo estas variáveis tendem a se manter constantes por um período mais do que satisfatório.

Explicando melhor: são comuns os problemas durante a utilização do aço 1045, no molde, como: amassamentos de cantos, com consequente aparecimento de rebarbas nas peças, riscos no brilho, generalizados, ou perda constante (e intermitente) no polimento, perda de dimensional da peça, flambagem excessiva, variação de espessura da peça plástica, e ainda outros problemas que ele costuma apresentar, como falta de rigidez do sistema, sempre devido a sua baixa resistência mecânica (da ordem de 65 kgf/mm²). Afinal, ele não foi desenvolvido para este serviço, isto é uma adaptação grosseira que “pode” funcionar e funciona, mas sempre precariamenteembora nem todos os usuários admitam. Esta teimosia é uma coisa cultural que ajuda a explicar, dentre outras coisas, porque nosso pais sofre tanto na questão: PRODUTIVIDADE.

Em qualquer dos casos, sempre foi uma aspiração de projetistas e ferramenteiros de possuírem uma alternativa segura e econômica para matrizes, desta categoria, onde o custo do material é incrivelmente significante.

A Açoespecial tem mais de um aço nesta direção (Sugerimos leitura catalogo do aço ECOPLAST ® (P20) ST:

A Alternativa do aço PMo REVOLUTION (P20 M) é realmente “Revolucionária”, pois trata-se de um aço com baixíssima liga, porém com muita tecnologia agregada, que faz com que ele tenha um comportamento ainda superior, principalmente aos aços AISI P20 e WNr. 1.2311, por um custo realmente compensador. Isto só foi possível depois de muito estudo e trabalho científico de nossa equipe com mais de 44 anos de experiência na área por parte da chefia e da condução da pesquisa nos mais renomados centros acadêmicos e laboratórios científicos (Participaram, ou tiveram sua estrutura utilizada, em laboratórios ou com pesquisa de dados, em fases distintas do processo: IPT- UNICAMP-UFMG-MACKENZIE). O trabalho de pesquisa envolveu centros mundiais de pesquisa cientifica, através de convênios destas universidades com universidades de vários países.

Note que o aço PMo REVOLUTION (P20 M) foi projetado para fazer tudo o que os aços AISI P20 e WNr. 1.2311 fazem e por um preço bem menor.

Características:

O Aço PMo REVOLUTION ® (P20M) é elaborado a partir de moderno forno VD (desgaseificado à vácuo), com adições de microligantes, que garantem os seguintes benefícios:

  • - Grande uniformidade de resistência mecânica com baixíssima liga;
  • - Polimento mais uniforme que o aço 1.2311 devido à estrutura homogênea.
  • - Altíssima usinabilidade, se comparado a outros tipos de aços nesta dureza (ou resistência mecânica). Notadamente se comparado aos tipos: AISI P20 e DIN WNr. 1.2311
  • - Altíssima condutividade térmica, destacando-se na aplicação de moldes para plásticos. (49 W/m.K à temperatura de 300ºC). Sendo imbatível na categoria de aços P20, P20 HH e P20 M. Ganhos possíveis acima de 60% de produtividade, dependendo de espessura de parede da peça injetada e seu tamanho.
  • - Muito boa soldabilidade (superior aos aços WNr.1.2311, WNr.1.2738, WNr1.2711 e 2738 HH, por conta do seu carbono equivalente menor do que qualquer aço da categoria AISI P20).

Composição Química Média do aço PMo REVOLUTION (P 20M):

Aço manganês molibdenio, com microligantes modernos, desenvolvido pela açoespecial.

Descrição das aplicações do aço PMo REVOLUTION (P20M):

O Aço PMo REVOLUTION ® (P20M) é indicado para:

  • - Machos para moldes de injeção plástica;
  • - Femeas para moldes de injeção plástica, com nível de polimento do AISI P20 ou Din. WNr 1.2311.
  • - Bases para Matrizes; muito indicado para bases com postiços intercambiáveis.
  • - Porta Moldes; com rigidez de sistema superior ao aço SAE 1045.
  • - Placas Suporte em Porta Moldes; permitindo redução de espessura divido à maior resistência mecânica.
  • - Placas Porta Manifoldes;
  • - Moldes Protótipos;
  • - Moldes de Produção igual ao aço AISI P20 ou WNr.1.2311 ;
  • - Caixas para Moldes de Fundição, sob pressão, de alumínio. Com até 3 vezes de reaproveitamento na troca de postiços novos.
  • - Moldes de Para Barros.

Durezas de fornecimento:

Dureza normal (sem tratamento especial de usinagem) na faixa de 269 a 321HB, ou 97 a 110 kgf/mm².

Pode ser ajustado pelo tratamento especial para usinagem (ST):

Para outras duas faixas de dureza:

1ª Faixa ST* (*) = SPECIAL TREATED= 280 a 311 HB ou 100 a 112 kgf/mm² que é a faixa mais usual dos aços semelhantes ao P20.

2ª Faixa ST* (*) = SPECIAL TREATED = onde os requisitos forem mais severos (ex.: moldes de média para alta performance - veja nossa tabela de número de injeções) ou moldes de baixa ou média produção para polímeros reforçados com cargas) a AÇOESPECIAL disponibiliza uma terceira faixa de dureza que pode chegar a: 36/40HRc (ou 331 a 375 HB) ou 119 a 132 kgf/mm². No caso de polímeros reforçados ao utilizar nitretação à plasma, sobre esta dureza, a durabilidade do molde costuma ser muito satisfatória trazendo o lucro para o pico na grande maioria das vezes.

Por favor, consulte nosso Depto. Técnico que é reconhecido internacionalmente quanto à sua habilidade para a escolha com melhor relação custo x benefício em aços para moldes, principalmente na linha de aços da categoria: aço p20.

O Aço PMo REVOLUTION ® (P20M) possui excelente usinabilidade devido à adição controlada de microligantes, globulização de sulfetos e Tratamento anisotérmicoespecialmente desenvolvido pela AÇOESPECIAL. Note que não é por acaso que nossos materiais usinam melhor. Você sempre sai ganhando ao adquirir os aços da AÇOESPECIAL, principalmente os aços da linha de aço p20 (neste caso: P20 M) que são o carro chefe da empresa e sua expertise.

O Aço PMo REVOLUTION ® (P20M) foi desenvolvido pela AÇOESPECIAL tendo seu foco especialmente para ser utilizado em “MACHOS” de moldes, onde:

  • -O Custo da matéria prima (aço) é muito importante, pois costumeiramente são peças de maior peso.
  • -Existem muitas furações de refrigeração que são mais fáceis de fazer com o PMo REVOLUTION ® (P20M).
  • - Quando a Usinagem de contorno também precisa ser facilitada por representar alto custo na matriz.
  • - Quando o molde precisa ficar pronto o mais rápido possível. Isto é possível devido à facilidade de usinagem.
  • - O Molde tenha de ser rápido em ciclo de injeção. O que se consegue devido à muito superior troca térmica do Aço PMo REVOLUTION ® (P20M). Portanto você fatura: mais rápido e um faturamento maior!!

O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) é um material com temperabilidade melhorada em relação ao Aço AISI P20 devido à opção pelos carbonetos mais complexos formados pelo Mn em detrimento dos carbonetos primários formados pelo Cromo, porém com a ajuda de microligantes modernos. Isto, aliado ao tratamento anisotérmico especial para usinagem, desenvolvido especialmente pela AÇOESPECIAL®, faz com que a homogeneidade seja incrível neste aço. Um outro ponto importantíssimo no aço PMo REVOLUTION® (P20M) é que estas evoluções turbinam a sua condutividade térmica (49W/m.K) além da usinabilidade, esta última, como consequência da homogeneidade estrutural, ao mesmo tempo que, pelo mesmo motivo, a perda em polimento é insignificante, o que seria de se esperar devido à redução de liga, pois não se consegue notar perda de polibilidade nem em laboratório. Devido à utilização de microligantes, da forma mais moderna e correta e depois de muita pesquisa, e trabalho cientifico em laboratórios, tanto metalográfico quanto de usinagem, finalmente se conseguiu este resultado.

Sua média de Carbono equivalente o coloca com soldabilidade melhorada em relação ao aço WNr 1.2311 e ao aço WNr 1. 2738 (P20 +Ni) que são as modalidades de aço P20 mais difundidas atualmente.

Vamos comparar propriedades do Aço PMo REVOLUTION® (P20M) com seus aços de aplicações semelhantes:

O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) leva vantagens sobre os seguintes aços semelhantes (aqueles considerados P20 e P20+Ni até com pequenas modificações, como é costume) e nas seguintes propriedades:

Sobre o aço WNr.1.2311:

  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem melhor distribuição de dureza (resistência mecânica homogênea).
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem igual ou melhor polimento;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor troca térmica: 49W/m.K contra 32 W/m.K (referência de trabalho a 300ªC);
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor soldabilidade;( carbono equivalente 20% menor, em média)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor usinabilidade;( linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST).
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor comportamento durante as furações;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem preço mais baixo, com pequenas variações.

Sobre o aço WNr.1.2738:

  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem igual distribuiçãode dureza (resistência mecânica homogênea). (espessura máxima 650 mm).
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem Polimento bem parecido;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor troca térmica 49W/m.K contra 34W/m.K;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor soldabilidade; (carbono equivalente 26% menor, em média)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem melhor usinabilidade; (linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem preço razoavelmente mais baixo;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor comportamento durante as furações (linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) não aceita mesmo nível de textura (quando direcionado para indústria automobilística, aceitando normalmente quando direcionado para produtos de utilidades domésticas).

Sobre o aço WNr.1.2711:

Na sua modalidade com dureza na 2ª Faixa ST (36/40 HRc):

  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem igual distribuição de dureza (resistência mecânica homogênea) (espessura máxima 650 mm).
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem Polimento apenas para nível espelhado neste caso;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor troca térmica: 49W/m.K contra 31 W/m.K;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem melhor soldabilidade; (carbono equivalente 16% menor, em média)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor usinabilidade;(linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem preço muito mais baixo;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor comportamento durante as furações;(linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) não aceita mesmo nível de textura (quando direcionado para indústria automobilística, aceitando normalmente quando direcionado para produtos de utilidades domésticas).

Sobre o aço P20 HH ou WNr.1.2738 HH:

Na sua modalidade com dureza na 2ª Faixa ST (36/40 HRc):

  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem igual distribuição de dureza (resistência mecânica homogênea). (Espessura máxima 650 mm)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem Polimento bem parecido;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor troca térmica: 49W/m.K contra 34 W/m.K;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem melhor soldabilidade; (carbono equivalente 26% menor, em média)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor usinabilidade; (linha de produtos com usinagem facilitada da AÇOESPECIAL® disponível tratamento especial anisotérmicoST)
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem preço muito mais baixo;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) tem muito melhor comportamento durante as furações;
  • O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) não aceita mesmo nível de textura (quando direcionado para indústria automobilística, aceitando normalmente quando direcionado para produtos de utilidades domésticas).

Tal qual o aço P20, apesar do aço PMo REVOLUTION ® (P20M) permitir tratamento térmico de têmpera, não recomendamos que moldes que tenham sido confeccionados com este material, sejam, depois, temperados para maiores durezas, pois há o risco de trincas.

Sua usinabilidade se assemelha muito a do aço 1045, devido à sua estrutura ser prevista para esta propriedade, apesar de sua maior resistência mecânica ser compatível com a categoria de aços p20 no pico da faixa.

Quando houver necessidade de aumento de resistência mecânica sugerimos optar pelo Aço PMo REVOLUTION ® (P20M) ST® com durezas diferenciadas ou, certamente, poderemos indicar outro produto de nossa linha especialmente para sua aplicação. Este aço foi desenvolvido para ser temperado em blocos maciços, sem furos, ou diferenças de massa, portanto antes da usinagem. Caso necessário, ou em caso de dúvida, procure nosso Departamento de Engenharia que é reconhecido internacionalmente.

Dimensões fornecidas:

Blocos até: 450 x 1030 x 1800mm.

Opção 2:

630 x 1120 x 2200mm.

Na medida máxima, use sempre mediante consulta prévia com nosso Departamento de Engenharia para verificar se ele comporta a aplicação desejada tecnicamente. Já na sua dureza mínima, o aço PMO REVOLUTION ® (P20M) ® possui 34% mais de resistência mecânica do que o SAE1045, além disto, tem muito melhor aptidão ao polimento e a alguns tipos de textura, dando um acabamento melhor ao produto injetado, potencializando sua venda. Note que nesta faixa de dureza o preço dele fica muito mais próximo ao do aço SAE 1045 do que a qualquer aço da categoria: aço p20.

Como já dissemos, a aplicação do material PMo REVOLUTION ® (P20M) é focada principalmente na construção de moldes para borracha e plástico, e como já dissemos com especial propriedades para machos (de médio para grande porte, inclusive). No início da fabricação do P20, o mercado, por não conseguir usinar facilmente blocos com durezas logo acima de 280HB, costumava receber blocos onde a dureza mínima, no seu núcleo, chegava a atingir 250HB. Mais tarde subiram como faixa mínima, para dureza normal, dos dias atuais, partindo de 269HB (aprox. 28HRc). Se antigamente as empresas conseguiam conviver com tal dureza, atualmente não podemos perder a oportunidade de poder contar com este produto para aplicações de baixa para média produção, onde já fora aplicado com total sucesso. Note que isto é só na faixa mais baixa de dureza e não nos aços PMo REVOLUTION ® (P20M) tratados pelo processo ST).

Uma vez que, para muitos tipos de aplicação (principalmente onde se utiliza aço SAE 1045 em cavidades) o aço PMo REVOLUTION ® (P20M) altamente recomendado pelo seu preço baixo. Partindo-se do princípio que cada caso é “um caso”a AÇOESPECIAL ® aplica tecnologia de ponta para dar utilização correta ao mínimo que se é necessário, sem exageros, tão pouco permitindo desperdício de recursos que, cada vez mais, ficarão escassos como: minérios e energia elétrica. Inclusive aproveitando a própria sucata na fabricação de seus produtos.

Para isso, contou com todo o know-how, de sua equipe, onde alguns componentes têm mais de 44 anos de vivência na área, no desenvolvimento deste produto, reduzindo passos em tratamentos térmicos, após meses de testes em laboratório metalúrgico com estudos científicos, resultando em precisas adições de componentes químicos (microligantes) levando a um resultado que seria impensável em 15 anos atrás.

O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) não visa atender a peças injetadas que requeiram alto grau de acabamento superficial (nem texturização) porém, consulte o nosso Departamento Técnico, pois há muitas exceções. Além disto, o aço PMo REVOLUTION ® (P20M) costuma atender a 100% das exigências da sua categoria (que é constituída pelos aços AISI P20 e din wnr 1.2311) e 95% das demais categorias (P20 + Ni, WNr.1.2738 HH e WNr.1.2711). De posse do desenho da peça, com certeza, nossa engenharia ajudará na definição da melhor opção. Sempre, em caso de dúvida, fique à vontade para nos consultar. O preço do material seguramente vai compensa-lo.

No caso da sua aplicação em bases, melhora-se expressivamente a resistência mecânica (cerca de 35% na menor faixa de dureza) ao compararmos ele com o 1045 comercializado no mercado mundial. Ainda falando da primeira faixa de dureza sem o Tratamento Especial para usinagem (ST). Nas demais faixas apesar do preço ser um pouco maior ele terá mais resistência mecânica ainda e ele se compara em propriedades aos seus semelhantes, mas derrubando-os no preço de custo, tanto do aço total da matriz, como da construção do molde pela usinabilidade.

Ainda no caso da primeira faixa de dureza e a mais barata:

Nos casos de placas porta cavidades, é importante, por levar uma resistência mecânica maior do que a do SAE 1045, pois em alguns casos a falta de resistência mecânica nas bases gera, com o tempo, uma movimentação das cavidades podendo gerar rebarbas sem ter ocorrido nenhum amassamento nestas cavidades. Note que o preço do material nesta faixa de dureza, é altamente compensador em relação ao SAE 1045. Neste caso de ocorrer este tipo de rebarbas, é comum pensar que o problema é na cavidade quando, na realidade, é da base.

É costume se “calçar” os moldes nestas ocasiões e achar que não volte a ceder novamente. Ocorre que esta “acomodação” é mais comum do que se pensa e muita manutenção se deve a isto, sem que se “perceba”. É simples: a resistência é insuficiente para suportar a força de fechamento do molde (isto é muito mais frequente em peças de parede fina onde se coloca bastante pressão para preenchimento, da cavidade, e que é complementada por uma pressão de recalque da máquina o que provoca uma solicitação ao extremo da resistência mecânica do material).

Outra coisa comumente buscada é a rigidez do sistema que, neste caso, aumenta significativamente em relação à construção com SAE1045 de forma a ser muito mais resistente à flambagem quando em moldes de peças plásticas de paredes muito finas, onde a pressão de injeção é alta. Problema muito comum em Try-outs.

A Rigidez do sistema com o aço PMo REVOLUTION ® (P20M) é sempre maior quando comparada aos aços da categoria aço P20. Pois os aços sem Níquel (nas categorias de aços P20) costumam ter variações de dureza e consequentemente de resistência mecânica e de usinagem. Isto não ocorre no aço PMo REVOLUTION® (P20M) ST. Você precisa aproveitar deste aço. O aço PMo REVOLUTION ® (P20M) aceita nitretação sem haver qualquer tipo de redução da sua resistência mecânica, em caso de dúvida consulte nosso Departamento técnico.

O Aço PMo REVOLUTION® (P20M) pertence à linha de açoecológico da AÇOESPECIAL por:

  • • Ser feito com a sucata do seu processamento na Açoespecial e sucata de nossos clientes;
  • • Economizar energia elétrica e horas de trabalho durante seu processamento de usinagem;
  • • Manter a alta condutividade térmica semelhante aos aços não ligados, como consequência, economiza energia elétrica e horas de trabalho durante seu trabalho como molde;
  • • E finalmente, durar mais, devido à sua maior resistência mecânica média, comparado aos seus semelhantes (aços da categoria AISI P20).

Note que o Aço PMo REVOLUTION® (P20M) não agride o meio ambiente, podendo ser praticamente totalmente reaproveitado (reciclável) por não possuir elementos de liga em níveis que tendam a contaminar novas fusões, além de possuir uma alta condutividade térmica (da ordem de 49W/mºK).

Voltando no tempo com o Aço P20:

Como já dissemos, a ideia do Aço PMo REVOLUTION®(P20M) ST, bem como do aço Ecoplast®(P20) ST, veio dos primeiros Aços P20 vendidos no mercado mundial, mas em um tempo onde máquinas CNC, bem como, eletro erosões não existiam, e a usinagem de materiais com dureza na faixa de 30HRc até 32HRc ainda era considerada como muito difícil, então o aço naquela época, em muitas aplicações, era utilizado na primeira faixa de dureza o que, em muitos casos, pode baratear o custo de um ferramental por facilitar a usinagem ou construção do molde, diminuindo os custos de produção destes moldes. (Consulte nossa tabela de número de injeções previstas até a primeira manutenção).

A utilização dos aços: Aço PMo REVOLUTION® (P20M) ST e aço Ecoplast® (P20) na primeira faixa de dureza em moldes protótipos, tem sido muito praticada e caso você precise de maiores esclarecimentos, solicite a visita do nosso Departamento de Engenharia e converse sobre o seu caso. Esta faixa de dureza também tem um teste de ultrassom diferenciado mais próximo do aço 1045 o que reduz sensivelmente o seu custo. Consulte e use, você vai gostar!!!

PMo

TECNOLOGIA IMBATÍVEL CHAME JÁ UM ENGENHEIRO DA EQUIPE MAIS RECONHECIDA TRABALHANDO EM AÇOS PARA MOLDES HÁ 44 ANOS.

Caso você precise de outros produtos além do PMo REVOLUTION ®, nós da Açoespecial também trabalhamos com:

AGORA TAMBÉM: NOVOS LANÇAMENTOS PARA MOLDES OS AÇOS COM SUAS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS;

Regiões onde a AÇOESPECIAL atende Aço PMo REVOLUTION (P20 M):


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Atendemos todo o Brasil e o Mercosul